Início‎ > ‎Sintomas‎ > ‎

Distimia

O paciente com distimia apresenta baixa ou nenhuma auto-estima; sente-se desmotivado; possui uma constante falta de esperança e sentimento de negatividade; desinteresse ou perda do prazer pela maioria das suas atividades, ou perde totalmente o interesse em todas elas (dificuldade em aproveitar o lado bom da vida); tem insônia ou dorme excessivamente; apresenta perda de apetite ou alimentação exagerada; isolamento, poucos amigos e vida social limitada; sentimento de rejeição pelos outros; sentimento de falta de capacidade; irritabilidade; e/ou descontentamento. O paciente também pode apresentar pensamentos suicidas, tendência para consumir drogas, álcool, e tabaco, aumentando a freqüência e a quantidade consumida destas substâncias se já as utilizar;[carece de fontes] há ainda chances de sonhar com a causa da depressão repetidamente.[carece de fontes]

Vale ressaltar que apesar de o paciente sentir todos ou alguns destes sintomas, a distimia não impede que ele continue vivendo sua vida normalmente (ou seja, ir ao emprego, a faculdade, etc...), porém, percebe-se que pessoas distimicas reclamam demais, tem um estilo de pensamento negativista, tendência ao pessimismo, sensação de que nada pode ajudar e possuem relutância em fazer alguma coisa para mudar certas realidades indesejadas.

A distimia manifesta-se na maioria das vezes em jovens abaixo dos 25 anos, em sua maioria solteiros. Sua incidência é maior nas mulheres.

A distimia pode ser confundido com o transtorno de personalidade dependente e com outros transtornos de humor pela semelhança dos sintomas. Segundo Spanemberg, cerca de 50% dos pacientes não serão reconhecidos e cerca de 77% vai apresentar comorbidades.

Fonte: Wikipédia



Veja também: Lista de transtornos | Testes psicológicos | A fabricação da loucura | Livros 

Sobre o que você quer saber?
Digite os termos da busca: